Blog

Banner Blog Granja Marileusa

Sociedade 5.0: Granja Marileusa une segurança e IA no bairro

Granja Marileusa
Compartilhe:

O avanço tecnológico permitide uma série de inovações que trazem mais qualidade de vida, bem-estar e segurança para as pessoas. Esses são alguns dos pilares da Sociedade 5.0, conceito que se transforma, cada vez mais, em realidade no Brasil e no mundo.

Foto de uma câmera de segurança em um bairro, representando parte do conceito de sociedade 5.0.

Atualmente, a humanidade tem se preocupado não apenas em se desenvolver, mas em fazer isso de forma sustentável. Isso é possível graças a tecnologias que têm sido aprimoradas ao longo dos anos, especialmente aquelas ligadas à Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT).

Assim, já temos exemplos de tecnologias como essas aplicadas na vida das pessoas. Um deles é o AME Segurança, que funciona no Granja Marileusa para potencializar a segurança pública do bairro planejado. 

A seguir, entenda o que é Sociedade 5.0 e como esse conceito tem se tornado uma realidade cada vez mais provável no Brasil por meio de cases como o Granja Marileusa, exemplo do porquê os bairros planejados são o futuro.

O conceito de Sociedade 5.0

O conceito de Sociedade 5.0 surgiu em 2016 no Japão. Visto que, naquele ano, foi lançado pelo governo o 5º Plano Básico de Ciência e Tecnologia. Assim, o documento trazia políticas de inovação que deveriam ser estimuladas no país pelos próximos 5 anos, até 2021.

Dessa forma, a Sociedade 5.0 é mais uma transformação que é sequência de 4 momentos da humanidade:

  • Sociedade 1.0, quando a humanidade tinha sua vivência baseada na caça e no estilo nômade;
  • Sociedade 2.0, com vida social baseada no desenvolvimento da agricultura;
  • Sociedade 3.0, marcada pelo surgimento da indústria a vapor e maior produção de bens de consumo;
  • Sociedade 4.0, baseada na digitalização e aumento de fluxo de informação entre pessoas e sistemas.

Agora, já caminhamos para a Sociedade 5.0, que é um incremento da Sociedade 4.0 e expande as possibilidades de aplicação de tecnologia por meio de recursos como big data, Inteligência Artificial, IoT, tecnologia 5G, entre outras.

Todos esses recursos são utilizados para resolver problemas e superar desafios relacionados à população e ao crescimento da sociedade. Isto é, sempre visando o aumento da qualidade de vida, a inclusão e a sustentabilidade. Com isso, torna-se possível viver em um mundo mais igualitário, que se desenvolve de forma equilibrada nos mais diferentes aspectos.

A tecnologia de segurança no Granja Marileusa

A segurança é um item fundamental quando pensamos em qualidade de vida. Afinal, todos têm direito a viver em um local que seja acolhedor e seguro. Dessa forma, a tecnologia é uma grande aliada na promoção da segurança e, no Granja Marileusa, ela é uma ferramenta poderosa que potencializa a segurança pública. Isso ocorre por meio de recursos como Inteligência Artificial.

Além disso, o recém-lançado aplicativo AME Segurança permite a participação de moradores e aumenta a cobertura de segurança no bairro. Iniciativa da Associação de Moradores e Empresas do Granja Marileusa, o recurso permite que o bairro seja a primeira comunidade de Uberlândia a fornecer dados de forma estruturada e autônoma via Inteligência Artificial.

As informações são direcionadas para o Centro de Operações da Polícia Militar, futuro Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). Trata-se de uma estrutura física e conceitual que integrará serviços de defesa social para promover ações conjuntas, cooperativas e gerenciais no campo da segurança pública.

O CICC foi um recurso implementado na Copa do Mundo de Futebol no Brasil em 2014. Igualmente, já é usado por grandes cidades brasileiras, como Curitiba, São Paulo, Salvador e Distrito Federal. Além de Nova York, Madri e México no exterior.

Como parte do CICC está o aplicativo AME Segurança, disponível gratuitamente para smartphones iOS e Android. Dessa forma, o app permite que cidadãos possam notificar ocorrências no bairro como:

  • Princípios de incêndio;
  • Acidentes de trânsito;
  • Danos ao patrimônio ou depredação;
  • Situações de perigo como sequestro e perseguição;

O AME Segurança pode ser baixado por moradores, funcionários de empresas e visitantes, que podem realizar seu cadastro e ativar reconhecimento facial para desbloqueio e uso. Além disso, o app é integrado com a Polícia Militar e permite o monitoramento autônomo e em tempo real.

O pioneirismo em segurança do bairro

Os dados produzidos tanto pelo app AME Segurança quanto pelo CICC tornam a região no primeiro Smart Bairro do Brasil a implementar os conceitos de Sociedade 5.0 e Segurança 4.0. Portanto, o bairro utiliza recursos tecnológicos e digitais para promover mais segurança para as pessoas.

Foto da sede da Associação de Moradores do Granja Marileusa, com um segurança motorizado na frente.

Além disso, o Granja Marileusa será o primeiro bairro do país integrado via IA diretamente com a IA utilizada pela Polícia Militar. 

“Todos que utilizarem esse aplicativo, sejam moradores, empresas ou visitantes do Granja Marileusa terão uma maior sensação de segurança porque podem contar com um sistema de monitoramento em tempo real e de qualidade”, afirma Edina Franco Gouveia, Diretora de Operação do Granja Marileusa e também  integrante da AME. “Em momento algum o aplicativo ou a Associação fazem o papel da polícia. O aplicativo nos permitirá fornecer os dados para a PM e ser um ótimo aliado na segurança preventiva”, reforça.

Depois de entender como funciona o AME Segurança e como a Inteligência Artificial é essencial para o bem-estar das pessoas, baixe o aplicativo! Faça isso gratuitamente em aparelhos iOS na App Store e para smartphones Android na Google Play Store!