Blog

Banner Blog Granja Marileusa

As tendências tecnológicas para 2019 que sua empresa não pode ignorar

Granja Marileusa

A tecnologia está evoluindo em um ritmo tão acelerado que muitas vezes é difícil acompanhar todas as novidades. À medida da evolução permite mudanças e progressos ainda mais rápidos, causando um crescimento acelerado, quase exponencial, das empresas que estão atentas às tendências tecnológicas.

Tendência tecnológica pode ser definida como as estratégias com potencial disruptivo. Por isso, vamos te apresentar as 5 tendências tecnológicas que estão em alta para que você e sua empresa estejam preparadas para elas!

Vamos lá!

5 tendências tecnológicas para 2019

1.Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial, ou IA, já é conhecida por muitos, mas continua sendo uma tendência tecnológica a ser observada e acompanhada. Isso porque seus efeitos sobre como vivemos, trabalhamos e jogamos estão apenas em estágios iniciais.

Inteligência Artificial refere-se a sistemas de computadores construídos com o objetivo de imitar a inteligência humana e executar determinadas tarefas, como reconhecimento de imagens, fala ou padrões. Sendo que a IA pode realizar todas estas tarefas mais rapidamente e com melhor precisão que uma pessoa.

Há quem diga, e nós concordamos, que quem não está pensando em utilizar a Inteligência Artificial na sua empresa, vai ficar para trás.


Sophia foi a primeira robô a ser considerada uma cidadã do mundo.

2. Machine Learning

O Machine Learning é um braço da Inteligência Artificial. Por meio dela, os computadores são programados para aprender a fazer algo que não foram inicialmente preparados para tal função. Eles acompanham e descobrem padrões e, literalmente, aprendem a partir dos dados.

Embora o Machine Learning, seja um subconjunto da IA, ela também se subdivide em outros ramos. Redes neurais, processamento de linguagem natural (natural language processing, NPL) e o deep learning são exemplos dessas ramificações.

Essa é uma das tendências tecnológicas que são usadas para análise e captura de dados e reconhecimento de padrões. No lado do consumidor, o Machine Learning otimiza os resultados da pesquisa na Web, anúncios em tempo real e detecção de invasão de rede, para citar apenas algumas das muitas tarefas que ele pode executar.

3. Realidade Virtual e Realidade Aumentada

A Realidade Virtual é outra das tendências tecnológicas que permite ao usuário mergulhar em um ambiente, enquanto a Realidade Aumentada proporciona mais verdade a este ambiente.

Embora a Realidade Virtual tenha sido usada principalmente para jogos, já está sendo inserida em treinamentos e simulações. Para exemplificar: o processo de aprendizado de novos motoristas, que utilizam um software para simular a direção no trânsito; já o Pokemon Go é um exemplo de Realidade Aumentada.

Ambos têm um enorme potencial em treinamento, entretenimento, educação, marketing e até reabilitação após uma lesão. Qualquer um deles poderia ser usado para treinar médicos para fazer cirurgias, oferecer uma experiência mais profunda aos frequentadores de museus, melhorar os parques temáticos ou até melhorar o marketing.

4. Internet das Coisas

A Internet das Coisas (IoT) dentre as tendências tecnológicas é a representação do futuro.

Muitas “coisas” agora estão sendo construídas com conectividade Wi-Fi,ou seja elas podem ser conectadas à Internet — e, consequentemente, umas às outras. Neste caminho, a IoT permite que dispositivos, eletrodomésticos, carros e muito mais se conectem e troquem dados pela Internet. Estamos apenas nos estágios iniciais. O número de dispositivos com esta tecnologia alcançou 8,4 bilhões em 2017 e deve atingir 30 bilhões de dispositivos até 2020.

5. Espaços Inteligentes inteligentes

Os espaços inteligentes são ambientes nos quais as pessoas se integram em um ecossistema aberto, conectado e coordenado para proporcionar a melhor experiência e troca de conhecimentos.

Também conhecidos como distritos industriais, esta é uma das tendências tecnológicas que, estão se desenvolvendo à medida que as tecnologias individuais emergem dos locais para trabalhar em conjunto para criar um ambiente colaborativo e de interação.

Um dos melhores exemplos de espaços inteligentes são cidades inteligentes — ou distritos industriais —, que dispõem de áreas que combinam negócios, comunidades residenciais e industriais. Ou seja, são espaços projetados para disponibilizar estruturas que refletem ecossistemas urbanos inteligentes, com todos os setores ligados à colaboração social e comunitária.

É notável que acompanhar as tendências tecnológicas é essencial para a evolução para qualquer profissional e empresa. Por isso, estar inserido em ambientes que fomentam a troca de conhecimento entre empresas, pessoas e universidades e somado a comunidades residenciais é a garantia de um desenvolvimento contínuo.

Masterplan Granja Marileusa - o primeiro Distrito de Inovação de Uberlândia e Região

Masterplan Granja Marileusa – o primeiro Distrito de Inovação de Uberlândia e Região

Ficou interessado e quer saber mais sobre como funcionam esses locais. Conheça a Granja Marileusa e tenha a experiência de um verdadeiro Distrito de Inovação.